LIVRARIA-VARADERO.com

:: Angola, Livraria Alfarrabista Varadero, Livraria Alfarrabista Varadero, situada na Boavista, Porto, Portugal. Compramos e vendemos todo o tipo de livros
Home
POWERED BY Google
Artigos:  
0
Total:  
  € 0,00
Home
Catálogos Temáticos
Angola

Pesquisa Avançada

Área de cliente

Catálogos

Novidades

Destaques

Newsletter

Angola

Ordenar por:

Nome Preço Entrada

ARQUIVOS DE ANGOLA - VOL. II - Nº 13 A 15 - OUTUBRO A DEZEMBRO DE 1936

Luanda, Publicação Oficial, 1936- In. 4º (451 a 737) págs. Broch. Ilustrado, com o índice do II Volume.

ARQUIVOS DE ANGOLA - VOL. IV - Nº 52 A 54 -ABRIL A JUNHO DE 1939

Luanda, Publicação Oficial, 1939- In. 4º (254 a 348-XVI) págs. Broch. Ilustrado

€ 20,00

COMPRAR

ARRIAGA (NOEL) – LUANDA

Colecção Turismo Nº 11 Lisboa, 1964- In. 8º de 48- XXXVIII págs de fotos. Broch. Profusamente ilustrado.

€ 25,00

COMPRAR

€ 15,00

COMPRAR

ASSUNÇÃO (GUILHERME JOSÉ FERREIRA DE) - NARRATIVAS DOS POVOS DE ANGOLA

Capa e Ilustrações de Maria Elisete Costa Caetano Lisboa, 1993- In. 4º de 254 págs. Broch. Ilustrado

AZEREDO (GUILHERMINA DE) - O MATO.

Romance. de Angola. Braga. Editora Pax, 1972- In. 4º de 327 págs. Broch. Primeira edição.

€ 20,00

COMPRAR

AZEVEDO (ÁVILA DE) - RELANCE SOBRE A EDUCAÇÃO EM ÁFRICA

Fundamentos e Perspectivas. Estudos de Ciências Políticas e Sociais Nº 69 Lisboa, Junta de Investigações do Ultramar, 1963- In. 4º de 153 págs. Broch. Exemplar por abrir. Com mapas

€ 20,00

COMPRAR

AZEVEDO (EDUARDO DE) - TERRA DA ESPERANÇA.

Romance duma viagem a Angola. Segunda edição. Lisboa, 1954- In. 4º de 266 págs. Broch.

€ 30,00

COMPRAR

AZEVEDO (J. M. CERQUEIRA D') - ANGOLA EXEMPLO DE TRABALHO.

Luanda, 1958-In-4º de 529-IV págs. Enc. Conserva as capas de brochura. Capa de Carlos Sampaio.

€ 40,00

COMPRAR

AZEVEDO (J. M. CERQUEIRA D´) - JINGA - RAINHA DE MATAMBA (1583-1663)

Comemorando o Tricentenário da Restauração. Braga, 1949- In. 4º de 323 págs. Broch Primeira edição. Com manchas nas capas.Dona Ana de Sousa ou Ngola Ana Nzinga Mbande ou Rainha Ginga.Foi uma rainha (Ngola) dos reinos do Ndongo e de Matamba, no Sudoeste de África, no século XVII. O seu título real na língua quimbundo Ngola, foi o nome utilizado pelos portugueses para denominar aquela região (Angola). Pouco vulgar. Nzinga viveu durante um período em que o tráfico de escravos africanos e a consolidação do poder dos portugueses na região estavam a crescer rapidamente. Era filha de Nzinga a Mbande Ngola Kiluanje e de Guenguela Cakombe, e irmã do Ngola Ngoli Bbondi (o régulo de Matamba), que tendo-se revoltado contra o domínio português em 1618, foi derrotado pelas forças sob o omando de Luís Mendes de Vasconcelos. O seu nome surge nos registos históricos três anos mais tarde, como uma enviada de seu irmão, numa conferência de paz com o governador português de Luanda. Após anos de incursões portuguesas para capturar escravos, e entre batalhas intermitentes, Nzinga negociou um tratado de termos iguais, converteu-se ao cristianismo para fortalecer o tratado e adoptou o nome português de Dona Ana de Sousa. [...]» (Eileen Morais Salvação Barreto, in AEPPEA [fonte electrónica])


Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © LIVRARIA-VARADERO.com 2017

Desenvolvido por Optimeios